quarta-feira, 23 de julho de 2008

Dercy: a primeira criação de Deus! Seria ela então Eva?

Sim, sim, não duvides irmãos. Dessa vez é verdade. Dia 19 de julho de 2008, o Brasil e o mundo recebem a notícia mais eminente e retardada desde os anos 50. Ela, a raspa do juá humano, o pó da rabióla artística; que como uma uva passa que estragou, apodreceu, perdeu sua beleza, seu sabor, sua cor, mas que continuava boa e jamais deixava de existir. Dercy Gonçalves pereceste!

Ela fez mais de 5 mil peças de teatro, apareceu na TV 50 mil vezes (depois do horário da censura), participou de 2 mil filmes (pornochanchadas), mostrou a tcheca 100 vezes em público (contra a vontade de todos) e falou 36,2x1051 palavrões em vida, finalmente se foi.

Durante muitos anos ela permaneceu aqui contra as leis da física, da biologia, da química, e até das leis probatórias e divinas. Foi se travada uma verdadeira guerra divina entre o céu e o inferno. Deus e o diabo por séculos a recusaram, falavam “aqui não, não posso com ela”, mas finalmente o seu dia chegou.

Como uma super nova que sucumbi apenas quando realmente não dá mais e implode dentro de si própria após milhões de anos nos trazendo luz ela nos deixa.


E para homenagear a matusaléica heroína épica da teledramaturgia brasileira acompanha abaixo a nova campanha da Aracruz Celulose em sua homenagem:



4 comentários:

fabizinha disse...

O blog é a sua cara!Mto bom...
Coloquei um link pra cá lá no meu...

Eri Kay, Blog da Eri disse...

haha... pervertida Dercy! durou bastante, né?

gostei do Leprechaun. tenho um amigo que tem a fantasia dele... e sempre a usa no St Patrick's day.

boa sorte com o blog!

abs

otavio disse...

Perfeitooo

otavio disse...

Perfeito